Macarons de Banana | Banana Macarons

bana-macaron3Provei pela primeira vez um Macaron na minha primeira visita a Londres. Já fizeram cerca de 6 anos. Fui com um colega ter com uma amiga, que estava a fazer Erasmus na Inglaterra e foi ela quem me deu a conhecer o que era este delicioso doce à base de merengue e amêndoa. Lembro-me que fiquei encantada com as cores, com os sabores e os aromas que estavam na Ladurée do Harrods, foi amor à primeira vista.

A primeira vez que os tentei fazer em casa ficaram horríveis, a bolacha ficou quebradiça e toda estalada pelo forno estar demasiado quente, mas apesar disso fiquei bastante orgulhosa com o resultado final por estarem saborosos na mesma. Nunca desisti em aperfeiçoar a técnica, li imensas receitas, vi vídeos, fiz várias experiencias até encontrar a melhor receita. Mas mesmo assim, de vez em quando, alguns voltam a sair mal.

Aparentemente a receita do macaron parece muito fácil, mas infelizmente este doce é um pouco temperamental. Se a casa estiver demasiado húmida, se o merengue não estiver bem feito, se a amêndoa não estiver bem moída ou se a mistura for envolvida demais, o mais certo é a bolacha não crescer e ou ficar estalada. Não é fácil fazer este doce, mas quando se toma o jeito vais ver que não vais parar de os fazer.

Apesar de ter imensas receitas de vários sabores, hoje dou a conhecer um dos meus preferidos.

In English:

I ate my first Macaron on my first visit to London. It’s already been 6 years. I went with a colleague of mine to meet another friend of ours, that was doing Erasmus in England and it was her who let me try this delicious sweet with a merengue and almond base.

I remember being enchanted with the colours, the flavors and the aromes that were in the Ladurée do Harrods, it was love at first sight.

The first time I tried making them at home  they were horrible, the cookie was all brittled and shattered because the oven was too hot, yet I was still very proud with the final result because they still managed to be delicious. I never gave up on improving my technique, I read alot of recipes, watched many vídeos, experienced various things until I found the best recipe. Yet still, once in a while, some still come out wrong.

Apparently, the macaron recipe seems very easy, but unfortunatly this sweet is a little bit temperamental. If the house if too humid, if the merengue isn’t well done, if the almond isn’t well mashed or if the mixture is too evolved, what’s most likely to happen is either the cookie wont grow enough or it becomes shattered. It’s not easy to make this sweet, but when you get the hang of it, you won’t be able to stop.

Though there are many recipes for various flavours, today I’ll share one of my favorites. 

bana macaron2

bana macaron4

bana macaron5

bana macaron6

bana macaron7

Macarons de Banana | Banana Macarons

INGREDIENTES:

Para a bolacha:

  • 2 claras, a temperatura ambiente
  • 75g de açúcar granulado
  • Pitada de sal
  • 75g de amêndoa já moída ou miolo
  • 100g de açúcar em pó
  • ½ c. sobremesa de essência de baunilha
  • Corante alimentar: amarelo
  • raspas de chocolate (opcional)
  1. Pré-aquece o forno a 150ºC. Cobre um tabuleiro com papel vegetal ou uma base de silicone própria para o forno. Se não tiveres muita à vontade com o saco de pasteleiro, com a ajuda de um copo desenha pequenos círculos com cerca de 3cm a 5cm de diâmetro e com 5cm de distância entre eles sobre o papel. Podes também imprimir numa folha branca os círculos e depois só precisas de a colocar sobre o papel vegetal. Há quem use bases de silicone próprias para fazer Macarons, mas pessoalmente prefiro umas destas técnicas.
  2. Entretanto começa por bater as claras com uma pitada pequena de sal, assim que começar a aumentar de volume acrescenta o açúcar aos poucos até o merengue ficar brilhante e sem vestígios do açúcar. Para testar, esfrega um pouco do merengue sobre os dedos, se não sentires os grãos de açúcar significa que está pronto. Reserva
  3. É sempre mais fácil se compares já a amêndoa moída, mas se não encontrares, com a ajuda de uma trituradora moí as amêndoas até ficarem muito bem trituradas. De seguida junta-lhes o açúcar em pó e volta a triturar novamente.
  4. Polvilha metade desta mistura sobre o merengue e envolve em movimentos circulares de baixo para cima. Quando vires que está tudo unido, polvilha o resto da mistura de amêndoa e a essência de baunilha e volta a envolver tudo, sem mexer demasiado. Se ficarem alguns pedaços maiores de amêndoa no passador NÃO os vertas no final sobre a mistura, para evitar que a bolacha quebre.
  5. Acrescenta as gotas de corante. Mexe bem até a cor ficar uniforme.
  6. Verte a mistura para um saco de pasteleiro com uma ponta redonda - eu usei a número 2A da Wilton – e depois é só colocares um pouco sobre o papel vegetal.
  7. É normal que se formem pequenos picos, para que desaparecem é necessário bater o tabuleiro num pano sobre a mesa com algum cuidado. Isso vai também ajudar a libertar algumas bolhas de ar. Deixa a massa repousar cerca de 15 a 30min, para que se forme uma espécie de crosta.
  8. A 5min de colocares o tabuleiro no forno reduz a temperatura para 125ºC.
  9. Coloca o tabuleiro no forno e deixa que os macarons cresçam e se forme um pequeno pé sobre a bolacha, cerca de 15min.
  10. Podes usar um truque dos meus que é, passados 2min de estarem no forno abro um pouco a porta para entrar ar, isso faz com que formem mais depressa o pé da bolacha.
  11. Toda a vez que retirares o tabuleiro do forno volta a aumentar a temperatura para os 150ºC e sempre a 5min de introduzires o outro tabuleiro baixa a temperatura para os 125ºC.
  12. Antes de os removeres da folha de papel vegetal deixa que repousem uns 2min, para que arrefeçam um pouco e fiquem mais firmes. Isso também vai ajudar a que não fiquem agarrados ao papel. Para arrefecerem por completo transfere-os para uma base de arames.
  13. Quando estiverem completamente frios, com cuidado recheia-os com creme de manteiga de banana e decora com as raspas de chocolate. Devora-os de imediato ou então guarda-os num recipiente fechado a temperatura ambiente. São capazes de durar 1 semana se não apanharem ar.

Para o recheio de creme de manteiga de banana:

  • 100g de margarina, a temperatura ambiente
  • 150g de açúcar em pó
  • ¼ de uma banana
  • 1 c.sobremesa de essência de baunilha
  1. Bate a margarina com a banana até ficar um creme macio.
  2. Depois acrescenta o açúcar e a essência de baunilha e volta a envolver tudo até ficar um creme homogéneo.
  3. Verte sobre um saco de pasteleiro e recheia os macarons.

In English:

INGREDIENTS:

For the cookie:

  • 2 egg whites, at ambient temperature
  • 75g of granulated sugar
  • Pinch of salt
  • 75g of almonds (mashed or in pieces)
  • 100g powdered sugar
  • ½ teaspoon of vanilla essence
  • Food colouring: yellow
  • Chocolate shavings (optional)
  1. Pre-heat the oven at 150ºC. Cover a tray with tracing paper or a silicone base made for ovens. If you don’t feel comfortable enough to use a pastry bag, with the help of a cup ,draw little circles with about 3cm to 5cm of diameter and 5cm of distance between them on the paper. You can also print in a white paper the circles and then all you need to do is put it on the tracing paper.Some people use a silicone bases made to do Macarons, but personally I prefer one of these techniques.
  2. Meanwhile, beat the egg whites with a small pinch of salt. When it starts getting bigger in volume, add the sugar little by little until the merengue is shiny and doesn’t show any traces of sugar. To make sure, spread a bit of merengue on your fingers and if no sugar grains are felt it means it’s ready. Reserve.
  3. It’s easier if you buy the almond already mashed, but if you can’t find it, with the help of a food processor, mash the almonds until they’re into crumbs. Next, add the powdered sugar and mash them once again.
  4. Sprinkle half of the mixture on the merengue and evolve all in circular movements from upwards. When you feel like everything is united, sprinkle the rest of the almond mixture and the vanilla essence and start evolving everything again, without mixing too much. If some of the bigger almond crumbs are still on the strainer, DON’T pour them on the mixture, to avoid any breaking of the cookie.
  5. Add some food colouring drops. Mix well until the colour becomes even.
  6. Pour the mixture in a pastry bag with a round tip – I used a Wilton number 2A- and then just put a little in the tracing paper.
  7. It’s normal if they form small peaks, to make them disappear it is necessary to hit the tray over a cloth on a table carefully. This is also going to help it releasy any air bubbles. Let the dough rest for about 15 to 30min, so they form this “crust” sort of appearance.
  8. 5min before putting the tray in the oven, reduce the heat to 125ºC.
  9. Put the tray in the oven and let the macarons grow, for about 15min.
  10. You can also use one of my tricks which is, after 2min of the being in the oven, open the oven door halfway so air goes in, this makes the process  faster.
  11. Everytime you take the tray out of oven, raise the temperature back to the 150ºC and then, always 5min before putting the tray, lower the temperature to 125ºC.
  12. Before removing the tracing paper, let them rest for 2min, to let them cool down and to allow them to get firmer. This will also help them not to get sticked to the tracing paper. To let them cool down completely, transfere them to a wired base.
  13. When they’re completely cold, carefully fill them with the banana buttercream and decorate with the chocolate shavings. Eat them immediately or save them in a closed container in ambient temperature. They’re able to last 1 week if they aren’t exposed to air.

For the banana buttercream filling:

  • 100g of butter, at ambient temperature
  • 150g of powdered sugar
  • ¼ of 1 banana
  • 1 teaspoon of vanilla essence
  1. Beat the butter with the banana until it becomes a soft cream.
  2. Add the sugar and the vanilla essence and evolve everything until it becomes a homogeneous cream.
  3. Pour it over a pastry bag and fill in the macarons.